Surra de Guia

Um dos maiores mitos, de forma negativa, da Umbanda é o mito da Surra de guia. Já ouvimos muitos relatos de pessoas que de alguma forma foram ameaçadas por dirigentes que diziam que se saísse do terreiro sofreria uma surra de guia, ou então, quando a pessoa está passando por algum momento de desequilíbrio atribuem as dificuldades a uma suposta “surra de guia”.

Segundo o sendo comum o que é surra de guia? – Segundo o senso comum a surra de guia é quando um guia espiritual que é responsável por determinada pessoa resolve dar uma lição nesta pessoa fazendo com que sofra. Muitas vezes ele começa a dificultar a vida material e espiritual da pessoa e em outras chega até a interferência física, fazendo a pessoa passar mal e, em casos mais extremos, chegam a derrubar na rua e causar hematomas de forma impressionante. Pois é só que tudo isso é balela.

Se você acredita nisso fique à vontade para parar de ler agora mesmo, pois não quero contrariar sua fé e nem mesmo as orientações do seu sacerdote, porém fica a dica: “repense sua vida e seu bom senso!”

Caso você tenha decidido continuar a leitura imagino que não acredita em surra de guia ou ao menos tem interesse em fazer algo por si e sair deste buraco negro da ignorância que não permite que as pessoas raciocinem.

Vou distinguir a suposta surra de guia em dois tipos, sendo elas:

1 – Aquela que o médium leva quando sai do terreiro – Este tipo de surra de guia é muito comum, pois os pais de santo por ai não visam qualidade mediúnica e sim quantidade de médiuns, eles não querem saber de desenvolver bem os poucos filhos que tem, eles querem apenas desenvolver pouco os muitos filhos que aparecem em suas portas, assim com muitos filhos e pouco desenvolvimento ele tem domínio sobre aquelas pessoas e tem alguma vantagem com isso, seja financeira ou apenas uma questão moral e de status.

Mas não estamos aqui para falar do pai de santo, vamos falar da surra de guia.

A pessoa sai do terreiro que frequentava, por menos desenvolvido mediunicamente que você seja você é importante. Cada membro da corrente, cada elo, é importante e indispensável. Então neste período que você permaneceu no terreiro, por menor que seja, você contribuiu com a corrente e também foi protegido pela corrente, um elo a sua direita e um elo a sua esquerda te protegiam o tempo todo, este é o principio da corrente. Então quando você pede para sair você se torna um elo sem corrente, um elo fora do jogo. Aqueles que estavam em sua volta se unem para fechar o buraco na corrente enquanto você fica sozinho e isolado. Como se isso não bastasse, você resolve parar de firmar velas para anjo de guarda, resolve parar de tomar banhos de defesa, resolve parar de tomar passe de vez em quando... com isso vai acumulando energias densas que impedem a aproximação dos mentores espirituais, então sem conseguir se aproximar eles não conseguem te manter em equilíbrio e com isso tudo começa a dar errado.

Eu nem vou me estender muito nos detalhes por sei que até aqui já entendeu.

2 – O segundo tipo de surra de guia é aquele que mesmo frequentando o terreiro você começa a notar que tudo está dando errado em sua vida e que nada do que faz se concretiza. Aí vem novamente o pai de santo, que adora por a culpa na espiritualidade, e diz que é surra de guia. Na minha opinião isso ocorre porque ele não sabe como resolver seu problema e não tem humildade de dizer que não sabe ou de procurar ajuda. Mas vamos lá.

Este tipo de situação ocorre quando você passa por algum tipo de desequilíbrio mental e independe de vontade espiritual, as vezes está fazendo algo errado, está firmando errado, está praticando algo que desequilibra suas energias e este desequilíbrio está afetando diretamente seu eixo magnético e causando distúrbios diversos que refletem em sua matéria.

Muitas podem ser a causa e eu não estou aqui escrevendo para dar consulta e dizer a você o porquê dos seus problemas, o importante é você repensar seus passos e notar onde está errando. Talvez o problema seja muito mais material do que espiritual.

Agora para finalizar assista o vídeo que fiz sobre este mesmo tema e faça sua conclusão sobre a surra de guia.

Grande abraço e Axé

Beto Angeli